Programa Bom de Letra premia os vencedores de 2018

08/11/2018 17:19

Aconteceu nesta quarta-feira (07) a grande final do Programa Bom de Letra - Soletrando, projeto realizado por meio de uma parceria entre a Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Educação, e a Mosarte. Oito alunos de escolas públicas e particulares de Tijucas disputavam o título da edição de 2018.

Para chegarem à decisão, os alunos tiveram que passar pela seletiva interna nas suas escolas e depois pela semifinal, disputada por 16 estudantes no último dia 24 de outubro. A final, disputada na sede da ACIT/CDL, contou com ótimo público, incluindo autoridades, pais e colegas dos estudantes. Apesar do nervosismo normal em fases decisivas de competições desta natureza, os alunos se saíram bem e foram avançando, tendo que soletrar palavras cada vez mais difíceis.

Conforme as rodadas iam passando, alguns concorrentes foram ficando pelo caminho. Ao final, três alunos conquistaram os primeiros lugares: Ana Luíza Vigel Menezes (E.E.B. Cruz e Sousa) em terceiro lugar, Luyza Munik Booz Pereira (CAU), em segundo, e Ademir Rodrigues Neto (E.E.B. Prof.ª Olívia Bastos).

A vice-campeã, Luyza Munik Booz Pereira, fala sobre a preparação para o Programa Bom de Letra. “Eu peguei um dicionário de mais de mil palavras e revisei ele inteiro. Também vi as regras de acentuação, separação por hífen, mesmo tendo errado isso, e as regras de grafia”, afirma.

A preparação do vencedor desta edição, Ademir Rodrigues Neto também foi intensa. “Eu treinei bastante no colégio e tive ajuda da minha amiga que também participou. Outra preparação também foi para tentar perder o medo de palco, que é essencial”, pondera.

Mais importante do que a competição e a premiação concedida aos vencedores é o legado que ela deixa na vida dos estudantes. Ademir destaca a importância do projeto para a sua formação. “Ajuda a despertar o interesse em literatura, a conhecer melhor a língua portuguesa e também a ter essa segurança para falar em público.”, ressalta. Além da formação educacional, o estudante garante que o aprendizado trazido pela experiência vai além. “Eu me esforcei bastante, né? E isso é pra vida inteira, você vai ter que se esforçar pra conseguir aquilo que quer”, destaca.

Confira os vencedores e a premiação:
1º lugar - um notebook: Ademir Rodrigues Neto (E.E.B. Prof.ª Olívia Bastos);
2º lugar - um tablet: Luyza Munik Booz Pereira (CAU);
3º lugar - uma bicicleta: Ana Luiza Vigel Menezes (E.E.B. Cruz e Sousa).

  

Demais finalistas:
Colégio Dom Bosco:
Natália Dias

E.E.B. Cruz e Sousa:
Humberto Henrique Alves

E.E.F. Dep. Walter Vicente Gomes:
Carolini Silvana Machado

E.E.B. Dep. Valério Gomes:
Maria Vitória Souza Martins

E.E.F. Santa Terezinha:
Rafaela Barbosa Negrão

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação) / Fotos: Thiago Furtado e Vip Social.